Acabe de uma vez por todas com as espinhas dos braços, costas, coxas e bumbum

Postado por , no dia 23 de março de 2017 em Sem categoria
1

Modo de Preparo

O tártaro é a acumulação de sais de cálcio e de fósforo na superfície dos dentes. Esta placa bacteriana acumula-se através de restos alimentares, saliva e microrganismos.

Existem 2 tipos de tártaro:

Sub-gengival – este localiza-se debaixo das gengivas, possui uma consistência firme relativamente ao supra-gengival com uma coloração enegrecida ou esverdeada.

Supra-gengival – encontra-se acima da borda das gengivas apresentando uma coloração branca ou amarelada. É removível com facilidade.

A principal causa do tártaro deve-se a uma alimentação demasiado ácida. E a falta de higiene dentária contribui também para o desenvolvimento da placa bacteriana.

Alimentos e suplementos benéficos para evitar o tártaro: Frutas frescas e vegetais crús – rúcula, espinafres, acelgas, alface e maçãs.

Argila branca – ajuda a alcalinizar o nosso organismo e o pH da boca.

Água do mar – limpa e fortalece os dentes ajudando também a alcalinizar o pH da boca.

Stévia – adoçante natural benéfico para os dentes.

Técnicas para remoção e diminuição do tártaro:

Pó de carvão ativado – Ajuda a aclarear os dentes e é um dos tratamentos odontológicos mais procurados na atualidade. Tal como o bicarbonato de sódio o carvão ativado não deve ser usado excessivamente e com frequência pois pode tornar-se abrasivo para o esmalte dentário. Ao comprar carvão activo certifique-se que este é de origem vegetal (de madeira, de côco, etc) e não a partir do petróleo. Este produto é facilmente encontrado em lojas de produtos naturais.

Aplicação: molhe a escova de dentes com água e ponha um pouco de pó de carvão em cima desta. Esfregue os dentes normalmente e lave com água tépida.

Óleo de girassol ou Óleo de gergelim – Lavagens com estes óleos ajuda a limpar a placa dentária e a remover as toxinas da nossa boca. É especialmente recomendado em casos de infecções bucais, gengivites e destes meio soltos. As suas propriedades anti-fúngicas, anti-bacterianas e anti-inflamatórias fazem deste tratamento um excelente anti-séptico oral.

Aplicação: faça gargarejos com óleo de gergelim ou de girassol. Por fim, não se esqueça de fazer sempre uma correcta higiene oral. Use fio dental antes de se deitar para se certificar que não ficam resíduos alimentares entre os dentes durante toda a noite.

Ingredientes
  • .
Imprimir ou Salvar
Esta Receita
Envie pelo
Whatsapp
Comente nesta receita

Busca

Novidades

Área de Assinantes

Meu Livro de Receitas
Faça o seu login abaixo para listar suas receitas

Esqueci minha senha
Quero me registrar

Categorias

Curta no Facebook

-->