Lembra do sequestro do menino Pedrinho? Ele cresceu e o que fez da vida comove

Postado por , no dia 02 de junho de 2017 em Sem categoria
Captura de Tela 2017-06-02 às 22.20.59

Modo de Preparo

Bebê foi levado de hospital em Brasília, em 1986, em um dos casos de sequestro mais famosos.

Um dos sequestros mais conhecidos do país envolveu ‘Pedrinho’. Foi assim que ficou conhecido Pedro Rosalino Braule Pinto, hoje com 31 anos. A história dele começou a ser conhecida há mais de 30 anos, justamente quando ele nasceu, no dia 21 de janeiro de 1986. Ele foi sequestrado por uma mulher e só reencontrado pela mãe verdadeira aos 16 anos. O caso inspirou o escritor Aguinaldo Silva a escrever a novela ‘Senhora do Destino’, da Rede Globo de Televisão. Pedrinho foi criado pela sua própria sequestradora, Vilma Martins Costa. Até a sua adolescência, ele sempre acreditou que ela era sua mãe. Por ela, ele foi rebatizado, virando Osvaldo. A família verdadeira, no entanto, jamais desistiu de achar o garoto.

Mas o que aconteceu com ‘Pedrinho’ desde então?

O rapaz passou a usar o nome verdadeiro e também conviver mais com os pais biológicos. Ele estudou bastante e realizou um dos seus grandes sonhos, tornar-se um advogado. Atualmente, ele mora em Brasília. O rapaz se formou em 2012 e convive com os pais de verdade. De acordo com o jornal ‘O Globo’, que através da coluna ‘Acervo’ relembrou o caso, praticamente em todos os finais de semana ele encontra a família biológica. Além disso, o advogado se casou e tem um filho. O neto de Jayro e Maria visita os avós regularmente.

A atitude comovente de Pedrinho

Mesmo com tudo o que aconteceu, o rapaz decidiu não romper completamente a ligação com a família com que conviveu até os 16 anos. Ele ainda continua vendo Vilma e também visita sua irmã adotiva, que também havia sido roubada de uma maternidade.

Roberta Jamily não quis conhecer a mãe biológica, que, na época da descoberta do #Crime, estava com 75 anos. Ela preferiu ficar com a mãe de criação e passar por esse obstáculo. Vilma, é claro, acabou sendo presa pelo que aconteceu.

Vilma foi condenada a 19 anos, mas não ficou tanto tempo na cadeia

Em 2003, Vilma acabou sendo condenada. Ela pegou mais de 19 anos de pena, mas acabou conseguindo um benefício da Justiça e ficou apenas cinco anos presa. Ela cumpre o resto da pena em casa e tem que aguardar essa penalização até o ano de 2019.

Polêmica em sua trajetória

Após tudo isso em sua vida, Pedrinho virou advogado do Senador Federal Aécio Neves, do PSDB de Minas Gerais. A informação foi confirmada recentemente pela colunista Lygia Mesquita. Aécio foi flagrado em uma conversa com o empresário Joesley Batista, da JBS. Ele pede R$ 2 milhões para se defender da Lava Jato.

Ingredientes
  • .
Imprimir ou Salvar
Esta Receita
Envie pelo
Whatsapp
Comente nesta receita

Busca

Novidades

Área de Assinantes

Meu Livro de Receitas
Faça o seu login abaixo para listar suas receitas

Esqueci minha senha
Quero me registrar

Categorias

Curta no Facebook

-->